O processo de matrícula na FURG ocorre em duas etapas: solicitação de matrícula (1ª etapa) e efetivação da matrícula (2ª etapa).

1ª ETAPA - Solicitação de matrícula

Documentos exigidos:

1- Original ou fotocópia autenticada em cartório do certificado ou atestado de conclusão do Ensino Médio em escola pública brasileira (antigo 2º Grau);

2- Original ou fotocópia autenticada em cartório do histórico escolar do Ensino Médio em escola pública brasileira (antigo 2º Grau);

3- Fotocópia simples da certidão de nascimento ou casamento (e apresentação da original);

4- Fotocópia simples do certificado de reservista ou de alistamento no Serviço Militar (e apresentação da original) para candidatos do sexo masculino (candidatos maiores de 46 anos estão dispensados);

5- Fotocópia simples do Título de Eleitor e a quitação eleitoral (e apresentação da original), se maior de 18 anos;

6- Fotocópia simples do CPF (e apresentação da original)ou do comprovante de inscrição do CPF emitido pela Receita Federal;

7- Fotocópia simples da cédula de identidade (e apresentação da original). No caso de estrangeiro: cédula de identidade expedida pela Polícia Federal, ou passaporte válido com Visto Temporário de estudante;

8- Uma foto 3x4;

9- Declaração preenchida e assinada de que não ocupa vaga em curso de graduação em outra instituição pública de ensino superior brasileira. - Lei nº 12.089/2009 (Modelo disponível na página www.sisu.furg.br );

10- Para candidatos que tenham obtido certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA ou de Exames de Certificação de Competência ou de Avaliação de Jovens e Adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino: declaração preenchida e assinada de que não cursou em nenhum momento parte do Ensino Médio em escola particular (Modelo disponível na página www.sisu.furg.br).

11- Laudo médico (via original com no máximo um ano de emissão) que contenha:

  • a) parecer descritivo elaborado pelo médico, em receituário próprio;
  • b) o código da deficiência nos termos da Classificação Internacional de Doenças CID;
  • c) a categoria de deficiência classificada segundo o artigo 4º do Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, alterado pelo Decreto nº 5.296, de 02 de dezembro de 2004, ou que atenda a Súmula 377 do Superior Tribunal de Justiça.

12- Documentação comprobatória de renda e dos componentes da família (residentes no mesmo imóvel, com a mesma dependência financeira):

12.1 Fotocópia dos documentos de identidade de todos os membros do grupo familiar e das certidões de nascimento daqueles que não possuem este documento;

12.2 Fotocópia da certidão de casamento ou declaração de união estável ou equivalente, dos mantenedores do orçamento familiar;

12.3 Fotocópia da certidão de óbito de pessoas que mantinham o orçamento familiar, se for o caso;

12.4 Comprovante de residência;

12.5 Comprovante da renda familiar bruta mensal (conforme a situação de trabalho de cada componente da família)

12.5.1 Rendimentos provenientes de programas sociais como: Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada da LOAS, Auxílio Reclusão, entre outros, quando houver.

12.5.2 Trabalhadores assalariados

12.5.2.1 Fotocópias simples dos últimos 2 contracheques recebidos;

12.5.2.2 Fotocópia simples da declaração de imposto de renda pessoa física - IRPF completa, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal, quando houver;

12.5.2.3 Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS (Cópia das folhas: da foto, de identificação, do último contrato de trabalho e da folha posterior);

12.5.2.4 Extratos bancários dos últimos 3 meses de todos os componentes da família.

12.5.3 Trabalhador rural

12.5.3.1 Fotocópia simples da declaração de imposto de renda pessoa física - IRPF completa, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil, quando houver;

12.5.3.2 Fotocópias simples de quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas que façam parte da composição familiar do candidato, quando houver;

12.5.3.3 Fotocópias simples das notas fiscais de vendas;

12.5.3.4 Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS (Cópia das folhas: da foto, de identificação, do último contrato de trabalho e da folha posterior), quando houver;

12.5.3.5 Extratos bancários dos últimos 3 meses de todos os componentes da família.

12.5.4 Aposentados e pensionistas

12.5.4.1 Extrato mais recente do pagamento do benefício;

12.5.4.2 Fotocópia simples da declaração de imposto de renda pessoa física - IRPF completa, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal, quando houver;

12.5.4.3 Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS (Cópia das folhas: da foto, de identificação, do último contrato de trabalho e da folha posterior), quando houver;

12.5.4.4 Extratos bancários dos últimos 3 meses de todos os componentes da família.

12.5.5 Trabalhador autônomo e trabalhador liberal

12.5.5.1 Fotocópia simples da declaração de imposto de renda pessoa física - IRPF completa, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil, quando houver;

12.5.5.2 Fotocópias simples de quaisquer declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas que façam parte da composição familiar do candidato, quando houver;

12.5.5.3 Guia de recolhimento ao INSS com comprovante de pagamento do último mês;

12.5.5.4 Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS (Cópia das folhas: da foto, de identificação, do último contrato de trabalho e da folha posterior), quando houver;

12.5.5.5 Autodeclaração devidamente identificada, autenticada em cartório, constando que exerce trabalho eventual autônomo, sem CNPJ, se for o caso, conforme modelo disponibilizado junto ao sítio eletrônico institucional (Disponível em www.sisu.furg.br);

12.5.5.6 Extratos bancários dos últimos 3 meses de todos os componentes da família.

12.5.6 Donos/as de casa ou familiares adultos/as que não exercem atividade remunerada

12.5.6.1 Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS (Cópia das folhas: da foto, de identificação, do último contrato de trabalho e da folha posterior), quando houver;

12.5.6.2 Autodeclaração devidamente identificada constando que não exerce atividade remunerada e com assinatura reconhecida em cartório. Deverá constar na autodeclaração o número do CPF, do RG, nome completo, telefone e endereço completo, conforme modelo disponibilizado junto ao sítio eletrônico institucional (Disponível em www.sisu.furg.br);

12.5.6.3 Extratos bancários dos últimos 3 meses de todos os componentes da família.

12.5.7 Rendimentos de aluguel ou arrendamento de bens móveis e imóveis

12.5.7.1 Fotocópia simples da declaração de imposto de renda pessoa física - IRPF completa, acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal, quando houver;

12.5.7.2 Fotocópia simples do contrato de locação ou arrendamento registrado em cartório acompanhado do último comprovante de recebimento;

12.5.7.3 Extratos bancários dos últimos 3 meses de todos os componentes da família.

2ª ETAPA - Efetivação da matrícula

Assinatura da ata de confirmação na Coordenação de Curso durante a primeira semana de aula. O estudante que não cumprir esta etapa, seja pessoalmente ou por procurador, perderá a vaga.

Observações importantes:

1- Somente serão aceitos, para fins de comprovação de conclusão do Ensino Médio em escolas da rede pública os seguintes documentos, além dos já citados nos itens 1 e 2 deste Termo: Certificado obtido: a) na modalidade de Educação de Jovens e Adultos; b) na conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Médio - ENEM; c) no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA; d) nos exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino.

2- Caso a matrícula seja feita por procurador, este deve estar munido de procuração específica para o ato da matrícula, reconhecida em cartório, e não será necessária a apresentação dos documentos originais, apenas cópias simples. Os documentos originais deverão ser entregues na Coordenação de Registro Acadêmico até o final da primeira semana de aulas, sob pena de perda da vaga.

3- Os candidatos devem ficar atentos a toda a documentação necessária para a realização da matrícula, pois não serão aceitos documentos fora dos prazos estabelecidos, sob pena de perder a vaga.

4- Para efeito do disposto no item 12 desta modalidade: "III - Família, a unidade nuclear composta por uma ou mais pessoas, eventualmente ampliada por outras pessoas que contribuam para o rendimento ou tenham suas despesas atendidas por aquela unidade familiar, todas moradoras em um mesmo domicílio; IV- Morador, a pessoa que tem domicílio como local habitual de residência e nele reside na data de inscrição do estudante no concurso seletivo da instituição federal de ensino; V- Renda familiar bruta mensal, a soma dos rendimentos brutos auferidos por todas as pessoas da família, calculada na forma do disposto nesta portaria; VI - Renda familiar bruta mensal per capita, a razão entre a renda familiar bruta mensal e o total de pessoas da família, calculada na forma do art. 7º desta Portaria." (artigo 2º, incisos II, IV, V e VI da Portaria Normativa nº18 de 12 de outubro de 2012)

5- O candidato que se declarar independente financeiramente deverá comprovar sua subsistência autônoma, ou seja, que não depende do sustento de terceiros, bem como de auxílios estudantis. Se a família não possuir fonte de renda o candidato deverá apresentar autodeclaração da pessoa que garante o sustento da família. Deverá constar na autodeclaração o número do CPF, do RG, nome completo, telefone, endereço completo e valor concedido à família, conforme modelo disponibilizado junto ao sítio eletrônico institucional (Disponível em www.sisu.furg.br).

6- Não será aceito o documento de identidade em que se lê "não alfabetizado" ou que não permita a conferência da assinatura ou a identificação fotográfica do candidato.

 

Matrícula